Quem somos

Minha foto
JUIZ DE FORA, MINAS GERAIS, Brazil
Esperamos com este Blog dividir um pouco das inúmeras histórias que acumulamos na nossa profissão. São relatos engraçados, tristes, surpreendentes...

quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Acidente entre dois ônibus e um caminhão fere 7 pessoas em Minas

Por Michele Pacheco

O acidente foi por volta de cinco e meia da tarde de hoje, no bairro Jóquei Clube, zona norte de Juiz de Fora.
O trânsito ficou lento na Avenida JK, um dos principais acessos à cidade da Zona da Mata Mineira.
Os veículos foram desviados por ruas do bairro.

Dois ônibus da mesma empresa, a Viação São Francisco, bateram quando passavam pelo trevo do bairro Jóquei Clube.
O motorista de um caminhão contou aos policiais que estava saindo de uma marmoraria e o condutor de um ônibus da linha 733, que seguia no sentido bairro Santa Cruz-Centro, parou para que o caminhoneiro terminasse a manobra.
O motorista do outro ônibus, da linha 748, também do bairro Santa Cruz, não teria conseguido parar e acabou batendo na traseira do primeiro.

A versão dos motoristas dos coletivos é diferente.
O condutor do veículo da linha 733 disse que estava entrando no trevo, quando o caminhoneiro deu ré para sair da marmoraria e invadiu a pista sem qualquer aviso.
Ele conseguiu frear, mas o colega de empresa não teve tempo para isso e bateu na traseira do ônibus.
O coletivo da linha 748 teve a frente destruída e precisou ser empurrado para liberar a pista.
Cada coletivo levava 50 passageiros.
Sete pessoas ficaram feridas e foram socorridas pelo Resgate dos Bombeiros e pelo SAMU.
Todos foram para o Hospital de Pronto Socorro.
A Polícia Militar registrou ocorrência e enviou à Polícia Civil.
Agora, é esperar a conclusão das investigações de trânsito para saber qual versão apresentada é a verdadeira.
O caminhão é de Cardoso Moreira-RJ.

Um comentário:

Sinval Dias disse...

Meu nome é Sinval Dias, hoje(26 de nov/2013) é que tomei conhecimento deste site. Eu é quem estava no segundo ônibus(748). Realmente não deu tempo de frear a tempo de evitar este acidente.
Eu gostava de trabalhar nesta empresa. Entrei como cobrador e após
10 anos passei para motorista completando 21 anos, se não fosse este acidente...